E o Amapá decepciona na luta principal!

Estado do Amapá em destaque com o Jungle Fight 40. Ginásio Avertino Ramos, pegou fogo com os combates que apimentaram a noite, desta sexta-feira, 15 de junho.

Na arena jungle o primeiro combate da noite foi entre Johnatha Guido x Luan Lacerda (peso galo, até 61 kg). Foram três rounds e por decisão unânime, Luan Lacerda, venceu a luta.

Em seguida, entraram em cena Wellinton “Terra Firme” x Giovanni Almeida (peso meio-médio, até 77 kg). E por finalização, no primeiro round, com um mata leão, o carioca Giovanni Almeida, levou a melhor.

E por nocaute, a terceira luta caiu no colo, de Kleber Marajó, que enfrentou com facilidade Joel “Tourinho” Miranda (peso mosca, até 57 kg) aos 2 minutos do primeiro round.

O quarto combate da noite ficou por conta de Jiovanne “Brutus” Salviano x Otávio "Javali" dos Santos (peso meio-médio, até 77 kg). Com uma vitória sensacional em 1 minuto e 17 segundos, o amapaense, Jiovanne “Brutus” Salviano, venceu de forma espetacular por nocaute técnico.

Rafael Trator fez bonito na quinta luta da noite, onde obteve grande vitória contra Renan "Pitbull" (peso-leve, até 70 kg), sendo por finalização no primeiro round.

E a primeira luta internacional ficou por conta de Tiago “Trator” VS Sebastian Latorre (Uruguaio) (peso leve, até 70 kg). E o Brasil mostrou que é bom de luta, onde Tiago passou feito um “trator” por cima de Latorre, vitória por finalização no segundo round.

O penúltimo combate foi marcado por uma luta de difícil decisão, onde subiram na arena jungle, Israel “Falquinho” Silva x Renato Velame (peso galo, até 61 kg). Foram três rounds bastante disputados, marcado por muita trocação, onde os lutadores ficaram bem machucados. Mas por decisão unânime, Falquinho, levou a melhor!

E o Jungle Fight Amapá, encerrou, com a luta principal entre Brasil e Peru, Adson "Preguiça" x Diego Akita (Peruano) (peso-pena, até 66 kg). O primeiro round foi marcado por uma luta morna, onde os lutadores pareciam perdidos e inseguros no combate. No segundo round, a vida do Preguiça ficou bem complicada, o lutador se mostrou cansado, arbitragem cobrou atitude e o brasileiro demorou a responder. No terceiro round a decepção dos amapaenses se concretizou, Adson Preguiça, demonstrou total despreparo. Com decisão unânime o Peruano ganhou, sendo mais que merecida à vitória. Os amapaenses ficaram desapontados, assim como os telespectadores que acompanharam a luta pelo canal combate. Decepção total!

Por Lílian Guimarães.

2 Comentários em "E o Amapá decepciona na luta principal!"

  1. Anônimo Falou:

    muito bacana sua cobertura. parabésn! Cid

    Anônimo Falou:

    PÔ DEU PRA FICAR INFORMADO DURANTE TODA A LUTA. INFORMAÇÕES NA INTEGRA PELO FACE. VALEU MESMO. RAUL DIAS

Postar um comentário

Comente