José Aldo sinônimo de superação


Confira os melhores momentos da entrevista de José Aldo no Programa De frente com Gabi:

• Eu quero que a minha filha seja da ginástica olímpica, porque eu acho bonito. 

• Eu trabalhei com meu pai desde os 7 anos. Ele era pedreiro e eu ajudante. 

• Os finais de semana eram os piores dias. Meu pai bebia e ficava agressivo e eu e meus irmãos ficávamos trancados no quarto. 

• Eu ia treinar só com a calça e meu professor é que me arrumava os kimonos. 

• Fui para o Rio de Janeiro com 17 para 18 anos. Eu dormia no tatame da academia. 

• Tenho raiva da bebida. Se não fosse por ela meu pai ainda estaria vivo. 

• Comentei que eu gostaria que o Malvino Salvador me interpretasse no cinema e foi ele mesmo o escolhido. 

• Quando estou ali dentro (octógono) eu me transformo em uma máquina. 

• Dinheiro atrapalha muito a cabeça de um lutador. 

• Eu sou flamenguista de chorar. 

• Se eu perder, nem minha esposa pode vir falar comigo. 

• Mesmo no período de lutas eu jogo futebol todo dia no videogame. 

• Toda noite eu janto macarrão. Eu janto meia noite.

Comentário: Poucas entrevistas televisivas tiveram o poder de causar tanta emoção, a história de José Aldo é mais que superação, é um exemplo de determinação que deveria ser seguido por todos. O cara é sinônimo de persistência. Belissima história!

Lílian Guimarães.

3 Comentários em "José Aldo sinônimo de superação"

  1. Anônimo Falou:

    Essa entrevista foi muito filé! Gabril

    Anônimo Falou:

    eu chorei... Lú

    Anônimo Falou:

    SEUS COMENTÁRIOS SÃO FIRMES! FARES

Postar um comentário

Comente