Amapá e Guiana discutem intercâmbio na cultura


O Amapá estreita cada vez mais diálogo com a Guiana Francesa no que concerne a firmação de parcerias na esfera de intercâmbio nas áreas de educação e cultura. Em reunião ontem (8), na Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Serge Long Him Nam, diretor da Escola Nacional de Música e Dança Edgar Nibul da Guiana Francesa e Philippe Kong, secretário de Comunicação da instituição, vieram ao Amapá com a proposta de retomar o projeto “Orquestra Jovem Amazônia” e de estabelecer outras cooperações de amplitude educacional e cultural. 

Orquestra Jovem Amazônia foi um projeto de cooperação que funcionou em 2005, envolvendo a Escola de Música Walquíria Lima, a Escola de Música da Universidade Federal do Pará (UFPA) e a Escola Nacional de Música e Dança da Guiana Francesa Edgar Nibul. Mais de 60 músicos, estudantes dessas instituições, integravam o projeto. Naquele ano, a orquestra fez três apresentações, em Macapá, em Belém e em Caiena, porém, no ano seguinte foi desativada, segundo Serge Nam, por questões políticas. À época, a parceria não foi formalizada, havendo apenas a assinatura de uma carta de intenção. 

Para tratar sobre a retomada do projeto e intercâmbio, participaram da reunião, além do secretário de Cultura Zé Miguel, o secretário de Estado da Educação, Adalberto Carvalho Oliveira e a diretora do Walquíria Lima, Socorro dos Santos. 

“Queremos retomar a cooperação, mas agora formalmente, um termo de Cooperação assinado pelo governador do Amapá e pelo presidente do Conselho Regional da Guiana. Se tudo der certo, nossa proposta é de fazermos intercâmbio mais amplo possível para a realização de concertos, de capacitação técnica de professores e alunos, de caráter pedagógico, abrangendo as áreas de música, dança e artes cênicas”, explica o diretor Serge Long Nam. 

Nesse sentido, foi proposta a redação de um convênio interinstitucional entre Governo do Amapá, por meio de suas secretarias de Educação e de Cultura, com a Escola da Guiana.

http://www.jdia.com.br/

1 Comentários em "Amapá e Guiana discutem intercâmbio na cultura"

  1. Poço de Misericórdia

    Procuro um poço de misericórdia
    Que tenha água em abundância
    Para saciar a sede do meu povo.

    Na terra onde nasceu
    O gado não muge mais.
    O jagunço do inferno fugiu,
    Entre a caatinga e os cactos sem espinhos.

    Oh, Deus! Procuro um poço de misericórdia
    Onde eu possa umedecer o meu rosto
    Que agora chora lágrimas secas
    Molhando meus olhos de vergonha.

    O sol escalda a coragem do meu povo
    Secando a última gota de suas almas:
    “Sal e lama, cobertores sem cama”.

    Que nossos mártires não olhem para trás
    Para que não fiquem presos no tártaro!

    Dos nossos açudes queremos água,
    Em nosso sertão queremos a paz,.
    Pois é do sangue e da guerra
    Que se alimentam os ditadores.

    Procuro um poço de misericórdia...


    *Do livro “O Anjo e a Tempestade”
    ( Agamenon Troyan )

Postar um comentário

Comente