Agradecimentos


 
Meus agradecimentos e dos colegas jornalistas Sucena, Eufraim, Dal, Valmir, Luiz, Ilza, Antônio, Mônica, Elizabeth entre dezenas de outros que estiveram no Congresso Brasileiro de Jornalismo Ambiental.

 Parabenizo os colegas da organização do 4º CBJA (incluindo os dos bastidores, que não conheço) pelo esforço na recepção de todos, pela escolha dos palestrantes, dos responsáveis pelas oficinas e dos temas que nortearam o evento, como também com relação à iniciativa do encontro de pesquisadores e a proposta da formação de uma sociedade que dará corpo consistente e periódico a esse trabalho, daqui por diante. Foi a primeira edição da qual participei e me senti à vontade e em um ambiente com boas energias e respeito mútuo, o que é vital, em qualquer circunstância, não é verdade?

Foi um momento em que reencontrei amigos e colegas de jornada, como aqueles que só conhecia virtualmente e fiz novos, de diferentes locais do país, desde o Piauí ao Rio Grande do Sul. Isso agrega, não só a mim profissionalmente, mas acima de tudo, como pessoa. Essas relações humanas enriquecem a gente e são uma forma saudável de aprender a respeitar o trabalho de profissionais anônimos, que têm muito a ensinar pela sua vivência regional e militância.

Ao mesmo tempo, foi importante para mim conhecer pioneiros nessa trilha, dos quais só tinha conhecimento de seus trabalhos virtualmente e poder tecer um primeiro contato para futuras entrevistas. Essa riqueza histórica tira a gente do desânimo que volta e meia aparece em nossa área...

E desejo que a iniciativa do grupo da oficina de Mídia Social, da qual participei, siga um rumo de construção sólida. O bacana é que temos gerações diferentes de participantes, e isso dá vigor às propostas.

Ah, e não posso esquecer: gostei do Encontro Nacional da Rebia, pois foi um momento em que conheci pela primeira vez colegas de diferentes localidades do país, que narraram suas experiências, numa atmosfera de simplicidade de compartilhamento. Ao ouvir histórias de vida e de militância tão interessantes, fiquei motivada a não desistir de correr atrás de meus ideais, independente das dificuldades que fazem parte dessa jornada.


*Estamos todos felizes com o sucesso que foi o IV CBJA. Os números são fantásticos e a qualidade do conteúdo encantou a todos, como bem sinalizou o Vilmar. É importante salientar que o Congresso foi grande porque todos nós fizemos ele ser assim. A participação de cada congressista, as palestras, as oficinas. É essa mistura de energia que encantou a todos!

Foi muito bom ver - no pouco tempo que não estive correndo (risos) - que o jornalismo ambiental está em renovação tanto nas novas ferramentas na comunicação, como em profissionais. O que quero dizer com isso? Quero dizer que vi muita gente nova se interessando pelo tema; pude ver novos atores da informação se esforçando para disseminar o melhor conteúdo; pude perceber que não estamos sozinhos e que o jornalismo está ganhando com essa construção.

Temos muitos desafios e há muito o que fazer. E nesse momento, o que podemos destacar é que esses desafios serão superados em grupo, em rede.

Parabéns a todos. E uma saudação especial ao Dal, Vilmar, Fabrício, Ana Maria e ao pessoal da Pega Comunicação.

Forte abraço,

Efraim Neto.


*Gostaria de parabenizar toda a organização do evento e, principalmente, agradecer pela oportunidade de participar de importantes discussões que nos fizeram repensar o nosso modo de trabalho e reforçar a importância que temos na disseminação dessa temática.

Também foi muito bom reencontrar colegas e conhecer aqueles que só falamos ou vemos os nomes nos emails.

Um abraço a todos e ótima semana.

Luiz Soares

*Caros Dal, Vilmar, Efraim e Amigos.

O IV Congresso esteve à altura dos profissionais que fazem o
jornalismo ambiental no Brasil. E foi gratificante conhecer
pessoalmente colegas com os quais dividimos este e outros espaços
de comunicação na internet.

Bom também foi confirmar que não estamos sozinhos quando falamos
sobre a divulgação de informações ambientais e como essa postura é
importante para a evolução do Brasil. Ao nosso lado, também
estiveram lá profissionais de comunicação, educadores,
ambientalistas, economistas, sociólogos, professores, radialistas,
biólogos, ativistas e uma legião de estudantes ávidos para
colaborar e entender os processos que podem contribuir com um
Brasil equilibrado e sustentável, econômica, social e
ambientalmente.

Temos muito a caminhar no Brasil. A estrada é longa para os que
militam na comunicação e no jornalismo ambientais. Mas vamos
avançar conscientes de que temos um relevante papel na sociedade
brasileira: lidar com a informação, seja ela, no nosso caso,
ambiental, socioambiental, sustentável...

Fica aqui a minha satisfação por ter participado de dois dias do
congresso (infelizmente não pude ir no sábado) e atestar como
estamos amadurecendo na nobre missão de praticar a disseminação de
informações ambientais no Brasil.

Abraços.

Antonio Carlos Teixeira

*Encantamento, amigos e amigas da RBJA, é a palavra que encontrei para resumir estes dias maravilhosos do IV CBJA em que compartilhamos e fortalecemos nossas utopias, nossos afetos, e reafirmamos nossos votos de que um mundo melhor é possível, que a mudança já está acontecendo e que nós, comunicadores ambientais temos um importante papel social neste momento de tomada de consciência e de escolhas em nossa sociedade. Meu muito obrigado a todos por este momento de encantamento e de renovação de forcas, muito obrigado por voces existirem e por fazerem parte deste momento histórico. Que nos esforcemos mais em encontrar e ser a solução onde outros escolhem ver e ser parte do problema.
Um abraço fraterno e ecológico do
Vilmar

*Amigos,
 
Estou especialmente feliz por ter participado desse encontro de pessoas que fazem do jornalismo ambiental uma missão de vida.
Agradeço aos organizadores Fabricio, Dal, Vilmar, Ana e equipe, Efraim, Leonel, André Trigueiro que tornaram o congresso possível. Todas as atividades, palestras, oficinas, apresentação de trabalhos acadêmicos foram de muita qualidade. A acolhida foi muito carinhosa e foi igualmente gostoso rever os amigos e conhecer gente nova.
Já estou com saudades. Um grande abraço,
Ilza

*Também quero partilhar, em nome do NEJ/RS, a alegria de ter participado do Congresso. Na realidade, um grande Congresso, como os demais.
A organização e o nível dos palestrantes foram muito bons.
Voltamos para os nossos estados com a convicção que estamos no caminho certo.
Amigos, é necessário fortalecermos cada vez mais a RBJA.
É um grande instrumento que temos nas mãos para a qualificação dos profissionais da nossa área.
Como tive que sair um pouco antes do encerramento, devido a minha viagem, gostaria de saber aonde será realizado o próximo congresso.
Um grande abraço a todos,
Juarez Tosi

*Obrigada Dal, Efraim, Fabrício e a toda a equipe que suou a camisa pra tornar o evento uma realidade. E que beleza de evento! Já estou com saudades. Além da oportunidade de reencontrar velhos amigos e de fortalecer nossos laços de amizade, vem a certeza de muito aprendizado com discussões de alto nível. As interrogações deixadas pelas importantes reflexões lançadas serão como oxigênio para recuperar a capacidade de seguir adiante nesses tempos bicudos que todos nós vivemos.

Aproveito pra agradecer também à turma do NEJ do Rio Grande do Sul, por uma semente lançada em uma época em que pouco se falava das questões ambientais. Essas sementes ainda precisam ser tratadas com muito carinho por todos nós, mas certamente já estão bem enraizadas. Continuarão dando bons frutos.

Há um processo de amadurecimento do jornalismo ambiental em curso e eu fico muito feliz de poder testemunhar este momento de reconhecimento de que estamos crescendo, todos juntos.

Há muito chão pela frente, mas se estivermos juntos, a caminhada há de valer a pena. Tomara que a gente volte a se encontrar em breve e vamos arregaçar as mangas pra apoiar a próxima empreitada.

Parabéns, Dal e demais colegas. Foi um prazer encontrar vocês e de ter a certeza de que não estamos sozinhos. Fortalecemos a esperança em um futuro melhor e num jornalismo cada vez mais capaz de traduzir os dilemas e de mobilizar a sociedade para as mudanças que são urgentes.

Minha gratidão a todos por excelentes reflexões e sonhos compartilhados.

Abração

Elizabeth

5 Comentários em "Agradecimentos"

  1. Anônimo Falou:

    como foi o retorno lilian macapá? saudações lais mg

    Anônimo Falou:

    LILIAN MACAPA CONTE AS NOVAS? RENATO BAHIA

    Anônimo Falou:

    VOU PREPARAR MEU AGRADECIMENTO TAMBÉM. MAURICIO SP

    Anônimo Falou:

    Salve salve Lilian Guimaraes do Macapa. Abraço. Julio Cuiabá

    Anônimo Falou:

    menina do cabelo de sol saudades. Lucia Bsb

Postar um comentário

Comente