Hoje é Dia do Livro



Hoje é o Dia Nacional do Livro. A criação desta data foi escolhida em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional, que ocorreu em 1810. Só a partir de 1808, quando D. João VI fundou a Imprensa Régia, o movimento editorial começou no Brasil. O primeiro livro publicado aqui foi “Marília de Dirceu”, de Tomáz Antônio Gonzaga. Mas nessa época, a imprensa sofria a censura do imperador. Só na década de 1930, houve um crescimento editorial, após a fundação da Companhia Editora Nacional pelo escritor Monteiro Lobato, em outubro de 1925.

O livro é um produto intelectual e, como tal, encerra conhecimento  e expressões individuais ou colectivas. Mas também é nos dias de hoje um produto de consumo, um bem e sendo assim a parte final de sua produção é realizada por meios industriais (impressão e distribuição). A tarefa de criar um conteúdo passível de ser transformado em livro é tarefa do autor. Já a produção dos livros, no que concerne a transformar os originais em um produto comercializável, é tarefa do editor, em geral contratado por uma editora. 

Outra função associada ao livro é a coleta e organização e indexação de coleções de livros, típica do bibliotecário. Finalmente, destaca-se também o livreiro cuja função principal é de disponibilizar os livros editados ao público em geral, vendendo-os nas livrarias generalistas ou de especialidade. Compete também ao livreiro todo o trabalho de pesquisa que vá ao encontro da vontade dos leitores.

http://www.irdeb.ba.gov.br/

1 Comentários em "Hoje é Dia do Livro"

  1. Anônimo Falou:

    Lili coloca a seu dicionário da linguagem carcerária q vc escreveu aqui no blog. O povo vai curtir. bjão. Rafael Lima

Postar um comentário

Comente