Brasil ocupa o quarto lugar no ranking de mulheres estressadas

O estresse afeta duas a cada três mulheres brasileiras. Segundo uma pesquisa feita pela consultoria Nielsen, em 27 países, o Brasil aparece em 4º lugar do ranking.

Na  maior parte do tempo, as brasileiras se consideram sob o efeito do estresse. Das entrevistadas, 67% declararam que estão a beira de um ataque de nervos.

A Índia ficou em primeiro lugar, 87% da população feminina é estressada, em seguida vem o México, com 74% e a Rússia em terceiro, com 69%. Já as mais tranquilas, são as suecas e as malaias.

Um dos motivos é que na atualidade a mulher cumpre dupla jornada de trabalho, gerenciando a vida profissional e as atividades relacionadas ao lar. A pressão de exercer bem as duas funções, acarreta em estresse.

Os sintomas que a tensão causa no organismo são bem variados. Uma pessoa estressada pode apresentar insônia, queda de cabelo, tremores, asma, aumento da pressão arterial, gastrite e dores musculares. Distúrbios psicológicos também podem surgir causando ansiedade, tristeza, irritabilidade, impaciência, depressão e fobia social.

Em entrevista ao jornal "O Dia" a psiquiatra da Santa Casa, Fátima Vasconcellos, aconselha as mulheres a separarem os problemas. "Em casa, não deve ficar pensando nos problemas do trabalho. E no trabalho deve tentar esquecer um pouco as questões de casa".

http://www.sidneyrezende.com/noticia/137673+brasil+ocupa+o+quarto+lugar+no+ranking+de+mulheres+estressadas

1 Comentários em "Brasil ocupa o quarto lugar no ranking de mulheres estressadas"

  1. Nossaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, adorei saber disso...rs

    Beijosssss

Postar um comentário

Comente