Assalto frustrado...

Mais uma vez, a Polícia Militar e o Major Matias, responsável pelo Gerenciamento de Crise do Bope, demonstraram competência, no desfecho da tentativa de assalto na manhã desta terça-feira, 26, na Diocese de Macapá.
 

Cinco pessoas estavam mantidas em refém desde as 10 horas da manhã, na igreja, entre elas o bispo Dom Pedro Conti. Dois assaltantes foram responsáveis pelas horas de terror que as vitimas vivenciaram, um dos envolvidos é ex-presidiário e responde pelo nome de Osmidio Cardoso dos Santos, 31 anos e o outro Caio Oliveira de Carvalho, 21 anos.
 
 
Tensão:
 

A manhã foi tensa na área central, onde ruas foram interditadas e o entorno da igreja fiquei repleta de curiosos. Os bandidos estavam armados com revolveres calibre 38, e ainda exigiram a presença de advogados, da imprensa e de familiares. 

Reverência 
 

Eu como jornalista e cidadã reverencio o Major Matias, homem de um preparo invejável. Lendo hoje pela manhã alguns blogs e acompanhando as negociações pelo Twitter, em 98% das situações o nome dele foi citado. 
 
 
 Já pude comprovar pessoalmente a competência deste homem. Em janeiro de 2010 participei de uma operação do Bope, que foi comandada por ele. Saimos do quartel uma hora da manhã e percorremos 7 baixadas de Macapá, entre elas a do Pará, Mucajá, Perpetuo Socorro e Ponte do Copala. Enfrentamos um temporal que não dava para enxergar nada, e foi naquela situação que vi o preparo do Major Matias. Esperteza, habilidade, sobriedade e muita competência são adjetivos que podem descrever este homem. Nesta noite foram presas nove pessoas, 7 bocas de fumo fechadas e muita droga apreendida, além de produtos frutos de assaltos.

Lílian Guimarães.

0 Comentários em "Assalto frustrado..."

Postar um comentário

Comente